sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Marinheiros de Primeira Viagem


Você que está preparando uma viagem para o exterior, seja a passeio, estudo ou trabalho, seguem algumas dicas para fazer tudo o mais organizado possível:


 1. Verifique a validade do seu passaporte. Se seu passaporte for vencer em menos de 6 meses, é necessário que você emita outro. Se estiver válido. Uma preocupação a menos. Agora, caso você precise um novo ou fazer o seu primeiro passaporte, faça-o com antecedência para evitar filas e dores de cabeça. Através do site da Polícia Federal você consegue ter todas as informações necessárias e já fazer o agendamento e emitir o boleto para pagamento da taxa de emissão do passaporte.

2. Para a compra de passagens, nunca deixe para a última hora. Compre sempre com antecedência. Existem alguns sites, aonde você pode pesquisar os valores. Mas às vezes vale só como pesquisa, pois como são sites intermediários, eles cobram  uma taxa além das taxas “padrões”. É sempre bom pesquisar em vários sites, e verificar o mais em conta. Seguem algumas dicas de sites: DecolarEdestinosSubmarino ViagensCVC.

3.  Para acomodação. Existem vários sites também, aonde você pode pesquisar. Se você quer uma acomodação barata, recomendo que olhe hostels e albergues, mas também existem hotéis com um preço camarada. Seguem algumas opções de site para busca de acomodação bem bacanas: BookingTrip AdvisorTrivagoAlbergue da Juventude.
Esses sites são bem bacanas, mas não confie apenas no que você vê de fotografias. Para a sua escolha, baseie-se nas avaliações que outras pessoas fazem, nos comentários, e se possível verifique se o hotel tem um site próprio, se tem um telefone ou e-mail para contato.
Para acomodação também existe o Airbnb, que está fazendo bastante sucesso, aonde as pessoas alugam suas casas, ou um quarto em suas casas por um preço bem interessante. É muito legal, porque além de economizar, você também acaba conhecendo pessoas novas e fazendo amizade.
Para acomodações baratas, também há a opção de ficar em casas de família. Algumas famílias cedem suas casas para estrangeiros por um período. Isso é muito bacana, pois você tem contato direto com a cultural local, e vai estar com pessoas que só falam aquele idioma.
Para quem vai estudar, também é interessante as chamadas Residências Estudantis, pois reúnem estudantes de várias partes do mundo, e assim você conhece diversas culturas diferentes e acaba aprendendo outros idiomas. Os albergues também são interessantes por esse motivo. Geralmente, quem se hospeda são jovens e estudantes de várias nacionalidades, e eles têm, às vezes, uma área comum, com televisão ou salão de jogos, aonde os hóspedes podem confraternizar e se conhecer.

4. Para o câmbio do dinheiro, independente de qual seja a moeda do local aonde você vai, procure sempre casas de câmbio conhecidas, e pesquise entre elas e menor taxa que eles cobram. Porque cada centavo que você perder com taxa vai contar e você vai precisar lá fora. Sugestões de Casas de Câmbio: ConfidenceCotaçãoLevycamOurominas. Vocês podem entrar no site Melhor Câmbio e verificar as casas de câmbio com o menor preço, o site é atualizado diariamente junto com as cotações.
Também é muito interessante os cartões pré-pagos, nos quais você deposita um valor e pode usá-lo lá fora. Mas nunca ande somente com cartão, pois alguns lugares eles podem não aceitar. (Por exemplo: Em Roma, são pouquíssimos os lugares que eles aceitam cartão). É sempre bom ter o cartão, e ter dinheiro em espécie também.

5. Para quem for estudar, na escolha da escola, procure sempre uma escola que tenha um credenciamento. Se possível, tenha indicação, procure comentários de outros alunos. Por exemplo, no caso da Inglaterra, o site do consulado britânico tem uma lista das escolas credenciadas. Lá você pode ver as escolas, e e escolher a melhor.

6. Nunca se esqueça de fazer um bom seguro de viagem. Pesquise em empresas conhecidas, veja as coberturas e valores. Algumas sugestões de seguradoras: Porto SeguroMapfreGTA.
 Depois de tudo organizado, é só aproveitar e relaxar!

-

Dicas de Segurança:
1. Nunca deixe dinheiro ou documento no hotel, por mais que tenha cofre no quarto. Você pode trancar dentro da mala com cadeado, ou carregar sempre com você. Existe uma espécie de pochete que você coloca por dentro da roupa. Não são muito fashion e nem bonitas, mas são seguras. Se possível, providencie uma bolsa tira-colo para carregar sempre contigo junto ao corpo. Também é prático e seguro.

2. Por mais seguro que seja o local para onde você vai, nunca deixe nada sem supervisão. Mala, bolsa, carteira, celular, etc.

3. Não aceite carregar nada para estranhos e nem ficar de olho em nada para eles.

Bom, aqui foram algumas dicas baseadas nas experiências que tivemos. Esperamos que sejam bastante úteis.



Beijos,
Amanda e Ananda
@mochilandosemmochila

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Europa de Trem

Passaportes e passagens de trens

Para aqueles que, como nós, não querem perder um minuto sequer da viagem, e aproveitar que está no velho continente para conhecer todos os países quanto se é possível, aí vai uma dica: Eurail Pass é uma ótima opção. 

Existem passes de 1 país, de 4 países ou de 28 países, e eles te permitem viajar por um período determinado, ideal pra quem quer conhecer bem um determinado país e conhecer várias cidades que são próximas num mesmo dia, ou até fazer um bate e volta praquela cidade que não pode faltar de jeito nenhum.

Por exemplo, no nosso caso, pegamos um passe de 4 países com 10 dias de viagem com validade de 2 meses, ou seja, dentro desses 2 meses, tínhamos 10 dias de viagem, não necessariamente contínuos. Então ficamos 1 mês na Europa e tínhamos 10 dias de viagem para rodar por 4 países diferentes. 

Além de trem, o passe da direito a outros meios de transporte, como por exemplo ônibus e balsa. Dessa vez não usamos nenhum deles, mas são passeios interessantes de se fazer.

Os trens na Europa são uma excelente maneira de viajar e apesar de muitos passageiros, no geral não é preciso fazer reserva antecipada. Algumas pessoas reservam, mas a maioria dos passageiros entra e procura um assento vago.  Se por ventura, alguém te pedir para levantar por ter reservado o seu lugar, você só precisa se levantar e achar um outro assento.

Em alguns lugares, por exemplo na Suíça, a SBB (operadora de trens do país) não realiza reservas para os trens, então você pode usar qualquer assento que você encontrar disponível.

Os trens são rápidos e se você viajar durante o dia as paisagens são lindas. Se a distância for muito longa, e você não quiser perder um dia, existem trens noturnos muito práticos também. 

Existem também os trens de alta velocidade que permitem que um trajeto longo seja feito em poucas horas, o que facilita bastante a nossa vida de viajante. 

Lembrando que viajar de trem é sempre muito mais cômodo do que uma viagem de avião, por exemplo e você não tem problema com limite de bagagem e nem tem que ficar fazendo check-in e chegando super antecipado na estação, afinal a maior parte das cidades européias têm horários bem flexíveis com trens saindo e chegando o tempo todo.

Você pode entrar direto no site da Eurail pra ver o melhor trajeto e os melhores horários pra você e eles te dão até a plataforma onde o seu trem vai sair e se reservar for mesmo necessário porque você não pode correr o risco de perder determinado trem, você também pode fazer isso pelo site. 

Sobre esse bilhete que nós falamos, ele pode ser comprado direto pelo site ou com algumas operadoras aqui no Brasil e você só precisa se preocupar em antes de fazer a primeira viagem de ir até a central da operadora de trem local do país (geralmente na própria estação de onde você vai sair) e ativar o seu passe. Fora isso, é tudo muito pratico e fácil. 


Bem, acho que para a primeira postagem é isso. Espero que aproveitem as dicas e se alguma coisa não ficou muito clara ou ficou alguma duvida, é só deixar um comentário pra gente.

Beijos,
Amanda e Ananda
@mochilandosemmochila

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Apresentação do "Mochilando sem Mochila"

Ananda e Amanda



Meu nome é Amanda, e eu tenho 24 anos. Minha amiga Ananda, também 24, e eu tivemos a ideia de montar um blog de viagens após algumas experiências que tivemos.

Nós já passamos por vários perrengues, e tivemos que caçar dicas em vários lugares diferentes para as nossas aventuras, então agora queremos compartilhar com vocês tudo o que aprendemos nesses últimos anos.

Espero que gostem do blog, deixem comentários com sugestões e críticas e compartilhem com os amigos.

Como é nosso primeiro blog, ideias já surgiram várias, mas de fato, é o primeiro que botamos em prática, então espero que nos ajudem também.

Aproveitem e sigam nosso instagram: @mochilandosemmochila


Beijos,
Amanda
@mochilandosemmochila