quinta-feira, 22 de setembro de 2016

10 coisas que você não pode deixar de fazer em Paris!

Lembrando que é só clicar sobre as imagens para vê-las em tamanho maior.

Hoje vamos fazer um post um pouco diferente. 10 dicas de passeios que você não pode deixar de fazer em uma das cidades mais buscadas na Europa, conhecida como a Cidade Luz ou também como a Cidade do Amor, o paraíso dos apaixonados, PARIS!



Sabemos que os pontos turísticos são clichés, e que existem diversos blogs e sites contando sobre eles, MAS vamos contar um pouquinho ao nosso modo, como nós gostamos de fazer as coisas.

A primeira que fazemos quando chegamos em nosso destino é procurar a estação de trem/metrô local, e comprar um passe. No caso de Paris, compramos um para 4 dias, mas existem diversos tipos de passes, para X dias e zonas da cidade.

   1. Começando pelo cliché dos clichés, a Torre Eiffel é um passeio indispensável para quem visita a capital francesa. Infelizmente uma chuva chata nos pegou desprevenidas em nossa primeira visita ao local, mas isso não tirou sua beleza. Depois conseguimos pegar um dia muito bonito para fotografar e curtir a beleza do marco. Como estávamos no Louvre, para chegar a Torre, pegamos um ônibus. Praticamente atravessamos a cidade, mas a vista do ônibus foi muito bacana (bem melhor do que o metrô). Dessa vez não subimos na Torre, porque tínhamos pouco tempo para aproveitar a cidade, e como a fila de espera era muito longa, decidimos ir conhecer outros pontos da cidade, e deixamos a subida para outra visita.


Torre Eiffel
2. Segundo passeio indispensável é o Arco do Triunfo. O Arco fica num cruzamento movimentado, e meio chato de chegar, mas quando se chega, é compensador. A vista de cima é algo deslumbrante. Fomos à noite, e conseguimos ver a cidade toda iluminada. Realmente incrível. Apesar de ser um ponto marcante, a acessibilidade do local deixa a desejar, pois são mais de 200 degraus, e não há opção de elevador.


Arco do Triunfo à noite

   3. Nós gostamos muito de passeios ao ar livre, mas também gostamos bastante de museus, e estando em Paris, não podíamos de deixar de visitar o Musée du Louvre. Só a frente do museu já é algo que toma alguns longos minutos, talvez horas. A arquitetura e as famosas pirâmides de vidro podem ser vistas antes de entrar no local. Tivemos uma manhã no museu, e conseguimos ver mais ou menos 1/3 dele, mas conseguimos ver a Estátua da Venus de Milos e o quadro mais famoso, a Monalisa. Como os nossos planos são sempre economizar para as viagens, nós vamos comprando ao longo do ano, as passagens, tickets e fazendo reservas, para pagar tudo aos poucos mês a mês, e já tínhamos reservado o Museu daqui de São Paulo. Então tivemos apenas que retirar os ingressos e aproveitar!


Musée du Louvre e suas famosas pirâmides
4. Outro ponto clássico da cidade luz, é a Catedral Notre Dame. A cateral barroca do filme “O Corcunda de Notre Dame”. Tivemos uma surpresa durante nossa visita, o que deixou o lugar ainda mais mágico: Presenciamos uma banda marcial e uma homenagem a consulares de diversos países. Realmente muito legal. Dica para quem for a Notre Dame: não alimentem os pombos!


Catedral Notre Dame

Consulares em homenagem em frente à Catedral

5. Para quem gosta de compras, a Galerie Lafayette é um shopping, com diversas lojas de marcas famosas. Nosso hotel (por sinal, era um hotel muito bacana e muito bem localizado) ficava atrás da galeria, mas infelizmente não entramos nenhuma vez nela. Como fomos no final de novembro, o clima de natal já estava dominando a Europa, e a vitrine da galeria era um show.


Galeries Lafayette (Infelizmente essa foto não é nossa)

  6. Quer algo mais romântico e típico parisiense do que um passeio pela Avenida mais famosa, a Champs-Élysées? Passear pela Champs-Élysée é sempre bem vindo, tanto durante do dia, como durante a noite para observar como a cidade fica iluminada. Novamente voltamos ao clima de natal, pois é montada na Avenida uma feira com comes e bebes deliciosos, e enfeites e decorações.


Champs-Elysée (Infelizmente essa foto não é nossa)

   7. Outro prédio que ficava próximo ao nosso hotel era a Opéra National de Paris. Nós não assistimos a uma ópera, mas o prédio é muito bonito com uma arquitetura clássica, que valeram algumas fotos.


Opéra National de Paris

   8. Outro passeio digno de apaixonados, é a beira do Rio Sena. Nós caminhamos a beira do rio e é uma delícia, vendedores expondo seus trabalhos, cafés e comércio de bairro. Realmente muito gostoso.

   9. E quem ouve falar de Paris, certamente ouve falar da Pont des arts e os famosos cadeados do amor. Conhece a história da ponte dos cadeados? Você e seu amado colocam um cadeado na ponte para eternizar o amor de vocês. É realmente inspirador, e a ponte fica linda cheia de cadeados de cores e formatos diferentes.


Rio Sena (8) e a Pont des Arts (9)

   10. Bom, chegamos ao fim, e o nosso grande passeio pela cidade luz, foi um pouco além da cidade para chegarmos à Eurodisney. Internamente somos duas crianças, então realmente estávamos muito empolgadas com essa visita aos parques. A Disney de Paris é bem menor que a famosa de Orlando. São dois parques, um deles com o castelo, e aonde acontece o show de fogos à noite. Conseguimos andar em alguns brinquedos, ver uma parada com personagens famosos e tirar muitas e muitas fotos realizando esse sonho. Eu poderia ficar aqui e escrever um post inteiro sobre esse passeio, que foi sem dúvida o que mais gostamos, mas fica para outro dia.


Castelo da Bela Adormecida na Eurodisney

Quebrando tabus:

  1. Paris não é uma cidade tão receptiva quanto outras cidades que estivemos. Nós encontramos muitas pessoas que nem sequer nos olhavam para dar informação, mas também encontramos algumas (poucas) pessoas muito simpáticas e prestativas. Nós fomos sem falar nada de francês, e nos viramos um pouquinho por lá, mas se você souber iniciar um diálogo pelo menos, já ajuda.

   2. Paris não é uma cidade tão segura quanto outras cidades. No inverno, como escurece cedo, 8h da noite já está muito escuro, não se via ninguém na rua e o comércio todo fechado. Nós estranhamos bastante, pois em Londres, ficávamos na rua até 11h da noite e os comércios continuavam abertos e muita gente na rua. Em Paris, as estações de metrô são desertas, e muitas vezes não há nem funcionários por lá. Nós recomendamos não dar bandeira de turista, e tomar cuidado com seus pertences, mas não tenham medo de explorar, porque é um passeio que vale bastante a pena.


Bom, acho que é isso, espero que tenham gostado das nossas pequenas dicas sobre Paris. Claro que ainda há muito que ver, e que gostaríamos de voltar. Nosso plano é sempre deixar alguma coisa por fazer em cada país para assim termos uma “desculpa” para voltar.

Como eu disse, nosso hotel era muito bacana e bem localizado, por isso, deixo aqui o site dele. Hotel Prince Albert



Beijos,

Amanda e Ananda

2 comentários:

  1. "Paris não é uma cidade tão receptiva quanto outras cidades que estivemos" Assino embaixo! São muito metidos! Lembro que fui em um restaurante japonês que estava vazio, e pedi para mulher se podia sentar na mesa da janela, ela me olhou com a maior cara feia do mundo e mandou eu sentar na mesa que ela tinha escolhido! Devia ter virado as costas e ido embora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso porque você fala francês, né? Imagina conosco que não falamos nenhuma palavra! hahahaha

      Excluir